Membros

Lembrar de mim

2/9 Documentário

O Mistério das Caveiras de Cristal

  • Atualmente 0.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Avaliação: 0.0 de 0 votes
Submetido por: admin | Categoria: Grandes Mistérios | Visualizações: 1087 | Comentários: 0
Luzes Desligadas

Descrição

Talhada em um bloco de cristal a réplica de uma cabeça humana vem sendo mistérios para os cientistas de todo o mundo, desde 1927 que descoberta pelo arqueólogo britânico F.A. Michell-Hedges. A construção dessa peça, é tão misteriosa quanto a respeito de sua função, pois se sabe que a parte superio da boca atua como um prisma, quando a caveira é iluminada por baixo esse prisma projeta a luz para cima fazendo com que essa saia pelos olhos, dando um aspecto bem viváz à escultura. A complexidade do desenho, assim como a do trabalho em geral, deu força à especulação de que a escultura teria sido feita com tecnologia extraterrestre, já que não foi encontrada nenhuma marca de ferramenta em seu exterior. Não faltam teorias sobre suas origens. Alguns acreditam que sejam peças do artesanato maia ou asteca, mas elas se tornaram tema também de constantes discussões em sites de ocultismo. Alguns insistem em afirmar que surgiram em um continente submerso ou em uma galáxia distante. Reza o mito que 13 crânios de cristal foram criados pelos magos de uma tribo da América Central, muito antes do Nascimento de Cristo. Apesar das inúmeras investigações feitas até hoje, nunca se conseguiu descobrir qual o nome da dita tribo. Segundo as lendas, os crânios têm capacidades curativas e são capazes de aumentar as capacidades de qualquer poder, servindo como uma espécie de "baterias" místicas. Algumas fontes também defendem que os crânios podem ser usados para ver o futuro, mas não há confirmação disso. Agora se vocês se interessaram pelo assunto assistam a um documentário que relata acontecimentos e outros fatos a respeito desse misterioso artefato arqueológico.

Tags



Coloque seu comentário









* Por favor, mantenha seus comentários curtos. Max 400 caracteres.


Comentários

Seja o primeiro a comentar este vídeo.