Membros

Lembrar de mim

Mantra

Om Mani Padme Hum

  • Atualmente 5.00/5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Avaliação: 5.0 de 1 vote
Submetido por: admin | Categoria: Meditação/Mantras | Visualizações: 1529 | Comentários: 0
Luzes Desligadas

Descrição

    * Om fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino dos deuses. O sofrimento  do reino dos deuses surge da previsão da própria queda do reino dos deuses (isto é, de morrerem e renascerem em reinos inferiores). Este sofrimento vem do orgulho.
    * Ma fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino dos deuses guerreiros (sânsc. asuras). O sofrimento dos asuras é a briga constante. Este sofrimento vem da inveja.
    * Ni fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino humano. O sofrimento dos humanos é o nascimento, a doença, a velhice e a morte. Este sofrimento vem do desejo.
    * Pad fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino animal. O sofrimento dos animais é o da estupidez, da rapina de um sobre o outro, de ser morto pelos homens para obterem carne, peles, etc; e de ser morto pelas feras por dever. Este sofrimento vem da ignorância.
    * Me fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino dos fantasmas famintos (sânsc. pretas). O sofrimento dos fantasmas famintos é o da fome e o da sede. Este sofrimento vem da ganância.
    * Hum fecha a porta para o sofrimento de renascer no reino do inferno. O sofrimento dos infernos é o calor e o frio. Este sofrimento vem da raiva ou do ódio.

+++

The mantra Om Mani Padme Hum (literally: "Aum, to the Jewel in the Lotus, hum) is recited by Tibetan Buddhists to invoke Chenrezi, the Bodhisattva of Compassion. Repeating this mantra accumulates merit and eases negative karma; meditating upon it is believed to purify the mind and body.

Spinning prayer wheels, physical or digital, are believed to confer the same benefit as speaking the mantra. It is often recited with the aid of a mala (string of prayer beads.)

Tags



Coloque seu comentário









* Por favor, mantenha seus comentários curtos. Max 400 caracteres.


Comentários

Seja o primeiro a comentar este vídeo.