Tag

ursinhos

Filosofia, Osho, Vídeos

Osho: Deus não existe, mas encontrei algo muito mais significativo

“O Caminho que pode ser verbalizado não é o Caminho eterno. O nome que pode ser falado não é o nome eterno. O indizível é a origem do Céu e da Terra. O nomeado não é senão a mãe de dez mil coisas. Em verdade, somente aquele que livra-se para sempre do desejo pode ver as Essências Secretas; Aquele que nunca livrou-se do desejo somente pode ver as Consequências. Essas duas coisas provêm da mesma fonte; todavia são diferentes na forma. Essa fonte só pode ser chamada de Mistério. A porta entreaberta de onde emergem todas as essências secretas.” (Lao…

Continue lendo
Espiritualidade, História, Mistérios

Nostradamus, 2012 e outros fins de mundo

Aproveitando que o tema “fim de mundo” foi comentado recentemente por psicólogos e publicado aqui no blog, – Psicólogos explicam o fascínio pelas teorias do fim do mundo – resolvi escrever umas linhas sobre o assunto. Não foi fácil, mas penso que isso precisava ser dito… (quase) Todo mundo adora uma profecia. Falo isso mas não me excluo, sempre me interessei por esses assuntos. Tanto, que já falei disso outras vezes: – 2012: A Profecia Maia – Nasa inicia cruzada contra os profetas do apocalipse – Fim dos tempos não acontecerá em 2012, diz Nasa – Erupções solares põem em…

Continue lendo
Notícias, Religião

O teto da Igreja Renascer – apenas um comentário

Abrindo uma segunda exceção à minha política de não propagar notícias de tragédias e outros eventos caóticos e desastrosos, quando vi a cena da Igreja Renascer, parcialmente destruída na tv, não consegui evitar o pensamento: Até quando as pessoas vão procurar por Deus no céu? Será que um evento como esse, uma tragédia que só não foi maior porque aconteceu em um intervalo entre cultos, conseguirá abrir os olhos de alguém? E vamos combinar: não é a primeira vez que o teto de uma igreja desaba sobre os fiéis!!! (curiosamente isso costuma acontecer em templos evangélicos neopentecostais…) Olhe novamente para…

Continue lendo
Fechar