Arqueologia

31/07/2009

(Taça com inscrição misteriosa é descoberta em Jerusalém)

Mais artigos de »
Escrito por: Karina
Tags:, , , , ,

Uma inscrição misteriosa gravada uma taça de pedra que remonta ao primeiro século do cristianismo foi descoberta em Jerusalém, indicou nesta sexta-feira um dos arqueólogos que participam nas escavações realizadas nas proximidades do palácio de Herodes, o Grande, e do Templo de Jerusalém, destruído no ano 70 pelos romanos.

“Descobrimos uma inscrição de dez linhas em hebreu antigo ou em aramaico em uma taça que aparentemente servia para um ritual de purificação”, indicou à AFP o arqueólogo britânico Shimon Gibson.

Inscrição em Aramaico, do séc. I, encontrada em uma taça de pedra

Inscrição em Aramaico, do séc. I, encontrada em uma taça de pedra

“As letras são legíveis, mas o significado é muito difícil de decifrar”, afirma o pesquisador da Universidade da Carolina do Norte, autor do recente livro “Os últimos dias de Jesus: as provas arqueológicas”.

“É possível que este tipo de taça tenha servido a Jesus para lavar-se ritualmente antes de sua última ceia”, aventou, enfatizando a raridade da inscrição que consta do objeto.

As escavações dirigidas pelos professores Gibson e James Tabor, também da Universidade da Carolina do Norte, são realizadas no Monte Sion, fora das muralhas da Cidade Velha, no limite entre Jerusalém Oriental e a parte oriental da cidade anexada depois de sua conquista por Israel em junho de 1967.

Fonte: Terra/AFP



Sobre a Autora

Karina
Olá, Sou a editora do site InconscienteColetivo.net.






 
 

 
Castelo Tokat, ao norte da Turquia, onde se acredita que o príncipe Vlad Tepes tenha sido mantido preso

‘Masmorras de Drácula’ podem ter sido descobertas por Arqueólogos turcos

Acredita-se que o príncipe Vlad Tepes, o Empalador, tenha sido mantido refém pelos Otomanos no castelo Tokat, no norte da Turquia, no início do século 15. O arqueólogo Ibrahim Çetin, que faz parte da equipe de restauro d...
por Karina
0

 
 
A imagem foi encontrada em uma pátena feita de vidro verde e que pôde ser reconstituída em mais de 80%

(Uma das mais antigas imagens de Cristo é achada na Espanha)

Descoberta foi feita nas ruínas de um prédio dedicado ao culto religioso na antiga cidade de Cástulo Um Cristo sem barba, de cabelos curtos e vestindo uma túnica. Gravada em um prato de vidro do século IV, esta atípica r...
por Karina
1

 
 
Uma nova pesquisa sugere que a gênese da mumificação no antigo Egito pode ter acontecido 1.500 anos antes do que se havia previamente pensado

(Múmias apareceram no Egito muito antes da era dos faraós)

O estudo, em inglês, pode ser acessado clicando aqui. +++ Descoberta foi anunciada em um estudo publicado na revista científica PLOS ONE A mais remota evidência da mumificação no Egito sugere que a prática de embalar corp...
por Karina
2

 




0 Comentários


Seja o (a) primeiro (a) a comentar!


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>