Estereótipos negativos causam forte impacto emocional em quem sofreu com comentários no passado, inclusive em situações não relacionadas à provocação inicial, diz estudo divulgado recentemente. A pesquisa, realizada pela Universidade de Toronto, no Canadá, aponta que pessoas agem de forma pior em situações nas quais se sentem estereotipadas. “Nós queríamos descobrir o que acontece depois da estereotipização. Ser estereotipado causa problemas além do momento em que a provocação surge?”, disse Michael Inzlicht, que comandou o estudo.

Foi observado o impacto das experiências negativas relacionadas à estereotipização em situações nas quais era necessário controlar pensamentos e emoções. “As pessoas acabam tendo problemas em tomar decisões corretas, racionais. E, também, acabam tendo a tendência de descontar os sentimentos negativos comendo alimentos nada saudáveis”, comentou Inzlicht.

Nas instruções da pesquisa, os cientistas deixavam propositalmente no ar dúvidas sobre estereótipos femininos, deixando subentendido que elas teriam mais dificuldades com Matemática

Nas instruções da pesquisa, os cientistas deixavam propositalmente no ar dúvidas sobre estereótipos femininos, deixando subentendido que elas teriam mais dificuldades com Matemática

Parte da pesquisa foi realizada com mulheres. As participantes foram instruídas a realizar um teste de Matemática que diria se elas eram “razoáveis ou boas” na matéria, segundo os cientistas as informavam. As instruções “deixavam no ar dúvidas sobre estereótipos femininos, que teriam dificuldades com Matemática”, comenta Inzlicht. Outro grupo, de controle, foi instruído de forma a se sentirem calmas durante a realização. Ao fim do teste, as mulheres do primeiro grupo demonstravam fome e irritação.

Após essa parte, foram convidadas a provar e descrever sabores de sorvete. As mulheres do primeiro grupo comeram mais do que as do grupo de controle. “Demonstraram mais agressividade e foram piores nos testes do que as do grupo de controle”, disse Inzlicht.

Foi concluído que o ser humano possui um limite de controle de emoções. Ao ultrapassar esse limite, começam a surgir pensamentos negativos, lembranças de estereótipos, nervosismo e distração, entre outras sensações que tendem a prejudicar a realização de toda ação que acontece sob pressão.

Os pesquisadores esperam que o estudo ajude as pessoas a controlar as emoções e evitem a aceitar e levar consigo um estereótipo. “Se as pessoas tentarem não levar para o lado pessoal qualquer comentário, não sentirão os efeitos que a pesquisa demonstra“, concluiu Inzlicht.

Fonte: Terra