Ram Bonjam

Ram Bonjam

Desde a volta do garoto Ram Bonjam, ou Palden Dorje (seu nome budista), muita polêmica tem surgido à respeito de sua verdadeira “iluminação” (para alguns é divindade). Li diversas notícias à respeito do reaparecimento dele, e o que mais me estarreceu foram os depoimentos dos “devotos”, “seguidores” e “discípulos”. Algumas pessoas que foram ver o menino disseram para os jornais que acreditam que ele é mais do que um “Buda”, ele é o próprio Deus.

Bem, acho que nem preciso dizer o quanto tudo isso é incrivelmente precipitado. Não que não possa existir a possibilidade de um novo “buda”. O próprio Buddha, Siddharta Gautama dizia que todos nós temos o potencial da iluminação dentro de nós, tanto por isso que ele não queria que as pessoas o venerassem ou adorassem, muito menos que transformassem em dogma tudo o que ele ensinou.

Estranhamente, por tudo que já li e vi à respeito de Ram Bonjam, o que me parece é que ele está tentando imitar a história de iluminação de Gautama. Particularmente, acho louvável, mais do que admirável, alguém que busca a Iluminação (Nirvana – Estado Búdico). Porém, passo a ficar um pouco desconfiada quando a pessoa que entra nesse caminho o faz com promessas de “salvar a humanidade”. Pois foi isso o que Ram Bonjam fez, segundo o que a a própria família dele disse. A idéia dele era sair para meditar, por 6 anos (algumas fontes dizem que Gautama meditou por 5, outras por 6 anos até atingir o Nirvana). Ram Bonjam foi então para debaixo de uma árvore (hmmm… alguém aqui notou alguma semelhança com a Árvore Bo, onde Siddharta meditou?) e ficou lá por 10 meses, supostamente sem comer e beber (a equipe do Discovery Channel confirmou que ele não saía para nada, pelo menos nos 10 dias que estiveram lá). Então sumiu em 11 de março de 2006, reapareceu para alguns seguidores umas semanas depois, e sumiu novamente, para reaparecer em novembro de 2008. Pelos meus cálculos ele não chegou a meditar direto por 3 anos. E a história inicial dos 6 anos de meditação?

Enfim. Bonjam reapareceu e houve toda uma comoção da população local. Ele já dá bênçãos e é chamado de o “Novo Buda”. Entretanto, NENHUMA autoridade budista reconheceu (mesmo que ainda) o tal proclamado nirvana do menino (que está com 17 anos, ao contrário dos 18 que está sendo divulgado). Outro fato estranhíssimo, pelo menos para mim, à respeito de Bonjam, é a história de que ele é a “reencarnação do Senhor Buddha”, ou seja, de Gautama. Se eu bem compreendo a filosofia budista, à partir do momento que um ser humano atinge a Iluminação, também chamada de Nirvana ou Estado Búdico, a pessoa NÃO volta a reencarnar. Na verdade é essa a idéia que motiva as pessoas a quererem a Iluminação. É o sair do Samsara (ciclo de nascimentos e renascimentos sem fim neste mundo de sofrimento). Então, como que o menino pode ser a reencarnação de Gautama??? Para mim isso não faz o menor sentido, a menos que Siddharta não tenha atingido o Nirvana!!

Acho que nessa história, o mais provável é que ele não seja reencarnação de Gautama (nem de Buda algum!), e que tenha ainda muito caminho pela frente para se tornar um verdadeiro Iluminado.

Na internet há muitos vídeos de notícias e trechos de documentários sobre a história de Bonjam. Selecionei dois, com algumas imagens interessantes, e contado um pouco de como tudo começou (infelizmente, só encontrei vídeos em inglês):

Ram Bahadur Bomjan in 2006 (conta um pouco sobre a vida dele e mostra sua família e onde morava)

http://www.youtube.com/watch?v=EVSUIpzBgvM

‘Buddha Boy” Re-Emerges (cenas feitas pela CBS mostrando Bonjam “abençoando” seus seguidores e devotos. A mim, ele não parece “sereno”, como se esperaria de um Buda, na verdade, pelo seu olhar, ele parece um tanto perdido…)

P.S.: sobre o nome dele… Estou usando “Ram Bonjam” pois acredito que seja o correto. Mas na internet você encontra outras grafias também, como Banjam, Bonjom e até Banjom… Taí mais um mistério sobre ele! 😉