Um muro do período pré-hispânico, que poderia ter cerca de 100 m de comprimento, foi descoberto no centro histórico da cidade de Cuzco, por arqueólogos peruanos, publicou neste sábado o jornal El Comercio.

Trata-se de um muro de pedra diorito verde, que segundo as primeiras estimativas pertenceria aos inícios do império Inca, embora sua origem será confirmada nos próximos dias. “Para isso, fragmentos de cerâmica encontrados a seu redor serão analisados”, afirmou o arqueólogo Carlos Rosell Bocanegra, ao jornal.

muro

Embora a escavação principal tenha revelado somente sete metros do muro, outros trabalhos realizados a 20 m da muralha principal fazem os especialistas acreditarem que o muro tenha 100 m de comprimento. O achado está localizado na rua Trujillo, uma das principais da cidade, que foi capital do império inca e porta de entrada para um dos caminhos reais que levavam aos quatro pontos do Tahuantinsuyo.

O muro foi descoberto durante as escavações arqueológicas preliminares de um projeto restauração da rua Trujillo, pela Prefeitura Provincial de Cuzco e pela Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID).

Fonte: Terra/EFE