Uma estranha criatura encontrada por adolescentes em um lago causou polêmica entre a população de uma cidade do Panamá, informaram jornais locais nesta quinta-feira. Segundo as publicações, muita pessoas acreditam que o ser seja extraterrestre, enquanto outros pensam tratar-se apenas de um animal.

Quatro adolescentes com idades entre 14 e 16 anos encontraram a criatura no último sábado quando se divertiam perto do lago em Cerro Azul. Um dos jovens relatou, de acordo com o site de notícias local Telemetro.com, que o ser saiu de uma gruta em direção aos adolescentes. Assustados com a aparência bizarra do animal, os garotos atiraram pedras na criatura até matá-la e a jogaram na água.

A criatura desconhecida morta por adolescentes perto de um lago em Cerro Azul
A criatura desconhecida morta por adolescentes perto de um lago em Cerro Azul

Depois de retirada da água, algumas pessoas disseram que a criatura poderia se tratar de uma preguiça, animal bastante comum nas selvas tropicais.

Com informações do Terra Argentina

Fonte: Terra

+++

21/09/09

No Youtube encontrei um vídeo, que mostra outras imagens da “criatura”. Por essas imagens, principalmente olhando as “patas”, realmente há semelhança do animal com uma “preguiça”:

+++

10/06/10

E era mesmo uma preguiça! Do portal Terra:

Conheça criaturas bizarras descobertas pela ciência

De tempos em tempos alguma criatura estranha assusta comunidades, desperta curiosidade de quem vê e vira febre nos meios de comunicação. Na maioria dos casos, o espanto em torno desses seres – apesar de parecer que foram enviados do espaço, de outra dimensão ou direto do inferno – geralmente não resiste a uma breve investigação científica.

Este foi o caso, por exemplo, do chamado “omajinaakoos do Canadá” que rodou por redes sociais, capas de jornal e sites do mundo todo no mês de maio.

O nome, que significa “o feio”, foi dado por indígenas da etnia oji-cree que vivem na região de Big Trout Lake – norte da província de Ontário – um local que é acessível apenas de avião. Segundo os índios, a criatura já era conhecida dos seus antepassados e – apesar de não ser vista há mais de meio século na região – era descrita como sinal de que algo ruim está para acontecer.

Assustados, os índios descrevem o animal como tendo cerca de 30 cm de comprimento e uma “uma cara quase humana”, com pelo marrom, face pálida, além de presas curvadas e longas.

Dois cientistas analisaram as imagens do animal. Um deles comparou o tamanho do corpo, o formato do crânio e dos dentes e chegou à conclusão de que era apenas um animal da região. O outro foi mais preciso e disse que se tratava de uma marta americana, um animal parecido com a lontra, em decomposição.

Outro caso famoso aconteceu em 2009 no Panamá quando quatro adolescentes com idades entre 14 e 16 anos encontraram um animal morto em um lago. Moradores da região ficaram assustados e acreditaram que o ser fosse um extraterrestre, enquanto outros pensavam que era um animal comum.

A criatura, que ficou conhecida como “Et do Panamá”, foi encontrada quatro dias depois por autoridades do país, que a encaminharam para testes. Segundo a CNN, uma autópsia indicou que o animal não veio do espaço, mas era apenas uma preguiça que morreu e estava em processo de decomposição. Segundo os biólogos, como o corpo ficou muito tempo submerso, houve uma aceleração na queda dos pelos e a pele ficou com a aparência mais esbranquiçada e brilhante.

Mas nem todas essas criaturas bizarras foram desmascaradas e descritas como indivíduos disformes de espécies já conhecidas ou existentes apenas na imaginação popular. Animais que pareciam pertencentes à ficção acabaram sendo descobertos, catalogados como novas espécies e hoje são amplamente estudados e não há mais mistério sobre eles.

Segundo um artigo da revista Scientific American, animais como o dragão de Komodo (1912), o gorila das montanhas (1847), o bonobo – ou chimpanzé pigmeu (1929) -, o raríssimo tubarão de boca grande (1976), entre outros, foram descobertos a partir de anedotas, lendas locais e, pelo trabalho de cientistas, se tornaram conhecidos. Um caso interessante é o do panda gigante, que já era conhecido na China, mas foi “descoberto” e apresentado ao resto do mundo em 1869.

Outro exemplo que ganhou destaque é o okapi, um parente da girafa. Quem acreditaria que existe um animal que parece ter pernas de zebra, dorso de cavalo, cabeça e pescoço de girafa (apesar de menos exagerado que o da “prima”)?! O trabalho de pesquisadores em 1901 levou a descobrir que esse animal realmente existia.