Aceite tudo o que estiver presente, e, uma vez aceito incondicionalmente, tudo fica belo. Mesmo a dor tem um efeito purificador. Assim, por tudo o que surgir em seu caminho, fique grato.”

(Osho)

A dor é inevitável.
O sofrimento é opcional…

(Carlos Drummond de Andrade, do poema “Definitivo“)

Pessoal, às vezes eu fico na dúvida se publico ou não essas notícias de estudos (principalmente os de psicologia) que saem nos grandes portais. Não sei se é porque os resultados dessas “pesquisas” algumas vezes são óbvios demais (como é o caso da notícia abaixo) ou se é porque os cientistas envolvidos parecem comentar os resultados que obtiveram do modo mais medíocre que conseguem. É mais provável que eles mesmos não compreendam – de fato – o que estudam…

Sinceramente, o comentário final de uma das pesquisadoras sobre o estudo foi lamentável. Então, ser muito otimista é o mesmo que ser irrealista??? É como aquela história do “se tudo estiver indo bem, respire fundo que logo vai passar”. Onde já se viu recomendar “cautela” com relação a otimismo???????????? Recomende cautela aos pessimistas! A vida é curta demais pra se perder achando que tudo (ou pelo menos a maioria das coisas) é ruim, vai dar errado ou é injusto…

Talvez o problema seja confundir o ato de adotar uma perspectiva positiva frente a vida com o de fantasiar que tudo sempre vai dar certo ( é a diferença do “agir positivo” – que está relacionado a crenças positivas – com o “pensar positivo” – que é quando você evita encarar o que realmente pensa ou sente utilizando fantasias de que “não será assim”). É óbvio que eventualmente problemas e complicações surgirão na vida de todo mundo. Mas ter uma perspectiva positiva é inegavelmente a única estratégia que realmente vale a pena adotar frente a uma dificuldade. É aquela ideia do saber ver o lado bom de tudo. É preciso praticar.

Toda vida é dolorosa“. E tudo é espiritual, incluindo perda, morte e doença. Aceite a tristeza com alegria, pois ela também é necessária. E isso não implica ir pra um canto (se conformar) e não fazer mais nada. Implica em ter a coragem de aceitar a vida como ela é, sem ilusões, e fazer parte disso conscientemente. Fazer a sua parte da melhor maneira possível.

Para Deus todas as coisas são boas, certas e justas

Otimismo

Fica o estudo então registrado aqui como mais uma percepção aguda do óbvio ululante publicada como “novidade”, mas que é apenas mais uma evidência “oficial” que podemos somar àquilo que já estamos cansados de saber…

😉

+++

Expectativas positivas em relação ao futuro podem fortalecer o sistema imunológico, segundo uma pesquisa científica realizada nos Estados Unidos. O estudo, conduzido pelas especialistas em psicologia clínica Suzanne Segerstrom, da Universidade de Kentucky e Sandra Sephton, da Universidade de Louisville, analisou as expectativas de estudantes de direito em relação ao futuro afetaram sua resposta imunológica.

Estudos anteriores já haviam concluído que as pessoas que são otimistas em relação à saúde em geral respondem melhor a tratamentos médicos. Foi constatado, por exemplo, que pacientes de transplante cardíaco com perspectivas positivas em relação ao resultado da operação, normalmente se recuperam melhor da cirurgia. Mas não se sabia ao certo até que ponto uma postura otimista geral afeta a saúde, ou se o pessimismo torna alguém menos saudável. Neste estudo, as pesquisadoras recrutaram 124 estudantes do primeiro ano do curso de direito, antes do início das aulas.

Os alunos foram avaliados cinco vezes durante seis meses e, a cada vez, respondiam perguntas sobre o quão otimistas se sentiam em relação ao curso. Os alunos então recebiam uma injeção para provocar, no local da incisão, uma reação imunológica. Dois dias depois eles retornavam para que a reação fosse avaliada. Quanto maior o calombo provocado na pele, mais forte tinha sido a resposta imunológica. Nesta experiência foi medida apenas a resposta da parte do sistema imunológico que reage a infecções virais e a algumas infecções bacterianas.

As cientistas constataram que a resposta variava em um mesmo aluno à medida que sua percepção sobre o sucesso do curso mudava. Nos momentos de mais otimismo, os estudantes apresentavam respostas mais fortes, em épocas mais pessimistas, a resposta imunológica era mais fraca.

A conclusão das autoras do estudo, publicado na revista especializada Psychological Science, é que o otimismo em relação a um objetivo específico importante na vida de uma pessoa pode ajudá-la a incrementar sua imunidade contra algumas infecções. Suzanne Segerstrom, no entanto, não aconselha as pessoas a adotarem expectativas irrealistas em relação ao futuro para melhorar sua imunidade. “Mas uma visão um pouco mais positiva do futuro ajuda”, diz ela.

Fonte: BBC Brasil/Terra