Categoria

Espiritualidade

Amrita, Especial

Ajuda a quem se ajuda…

Uma pequena e profunda anedota budista: Um monge budista caminhava pelas ruas de uma grande cidade, tendo ao seu lado um discípulo. Ambos avistaram um homem caído ao chão. O monge manteve o rosto impassível e seguiu seu caminho. O discípulo olhou para o mestre, olhou para o homem caído e esboçou um gesto em direção ao chão, com a intenção de ajudar o homem a se levantar. O mestre impediu e indicou-lhe para continuar sua caminhada. Caminharam em silêncio, cada qual absorto em seus próprios pensamentos. O discípulo não compreendia a atitude de seu mestre, que sempre lhe ensinou…

Continue lendo
Ciência Alternativa, Espiritualidade, Notícias

(Jejum pode ajudar a proteger cérebro, diz estudo)

Os grifos são meus: +++ Jejuar um ou dois dias por semana pode proteger o cérebro contra doenças degenerativas como mal de Parkinson ou de Alzheimer, segundo um estudo realizado pelo National Institute on Ageing (NIA), em Baltimore, nos Estados Unidos. “Reduzir o consumo de calorias poderia ajudar o cérebro, mas fazer isso simplesmente diminuindo o consumo de alimentos pode não ser a melhor maneira de ativar esta proteção. É provavelmente melhor alternar períodos de jejum, em que você ingere praticamente nada, com períodos em que você come o quanto quiser”, disse Mark Mattson, líder do laboratório de neurociências do…

Continue lendo
Especial, Espiritualidade, Notícias, Psicologia

(Livro lista arrependimentos de pessoas prestes a morrer)

É interessante como passamos boa parte das nossas vidas priorizando coisas que, de fato, pouco contribuem realmente para a nossa realização existencial. Ninguém vai reclamar, no leito de morte, de não ter adquirido mais imóveis, de não te feito mais horas extras, de não ter investido em ações, de não ter acumulado (mais) títulos acadêmicos… Não. Quando a morte é uma realidade próxima e inegável (na verdade, esta é a natureza da morte: uma realidade sempre próxima e inegável. Entretanto, quando tudo está “bem” ou “normal” nós tendemos a esquecer que somos mortais e a morte é sempre problema dos…

Continue lendo
Amrita, Especial

Você aceita o presente?

Certa vez existiu um grande guerreiro. Ainda que muito velho, ele ainda era capaz de derrotar qualquer desafiante. Sua reputação estendeu-se longe e amplamente através do país e muitos estudantes reuniam-se para estudar sob sua orientação. Um dia, um infame jovem guerreiro chegou à vila. Ele estava determinado a ser o primeiro homem a derrotar o grande mestre. Junto a sua força, o jovem guerreiro possuía uma habilidade fantástica de perceber e explorar qualquer fraqueza em seu oponente, ofendendo-o até que este perdesse a concentração. Ele esperava então que seu oponente fizesse o primeiro movimento, e assim revelando sua fraqueza,…

Continue lendo
Espiritualidade, Vídeos

Grandes Pensamentos para 2012 – Vídeo!

“Quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias, a que se deu o nome de ano, foi um indivíduo genial. Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no limite da exaustão. Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos. Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez, com outro número e outra vontade de acreditar que daqui pra diante vai ser diferente.” (Carlos Drummond de Andrade)     Mais um ciclo que termina e um novo que se inicia… E para não apenas “finalizar” 2011 mas iniciar 2012 sob os melhores auspícios, criei mais…

Continue lendo
Amrita, Especial

Quem compartilhará da SUA punição?

Antes de tudo, lembrando que a palavra “pecado“,  no seu sentido original, significa “se desviar da rota“. Diz a lenda… Uma pessoa iluminada estava passando, e Valmiki, um assassino, um homem que vivia de roubos, assaltou aquele iluminado. O iluminado perguntou: “O que você vai fazer?”. Valmiki respondeu: “Vou roubar de você tudo o que você tem”. O iluminado disse: “Se você puder fazer isso, ficarei feliz, porque tenho algo muito interno. Roube-o, você é bem-vindo!”. Valmiki não pôde compreender aquilo, mas disse: “Estou interessado apenas em coisas exteriores”. O iluminado disse: “Mas elas não ajudarão muito. E por que…

Continue lendo
Amrita, Osho

Apresse-se lentamente…

A respeito do céu que está sempre ali, apesar da nossa constante e insistente identificação com as nuvens… um trecho selecionado por mim, de uma fala de Osho: “E é com você: se você quer permanecer vivendo com os problemas, nunca preste atenção ao ser interior; se você quer permanecer sempre em angústia, então, permaneça na periferia, não olhe para dentro. Mas se você quer repouso, uma eternidade pacífica, a verdade, as portas do céu abertas para você, então, olhe para dentro. É difícil – é difícil, porque é muito sutil. Onde o visível e o invisível se encontram, onde…

Continue lendo
Amrita

Tu és isto

Uma pequena história Sufi: +++ Certa vez um buscador foi procurar Bayazid, um místico sufi, e perguntou: – “Mestre, eu sou uma pessoa muito irascível. A raiva me toma muito facilmente, eu fico realmente furioso e faço coisas. Nem posso acreditar, depois, que fui capaz de fazer tais coisas; eu fico fora de mim. Então, como largar essa raiva, como superá-la, como controlá-la? Bayazid tomou a cabeça do discípulo em suas mãos e olhou-o nos olhos. O discípulo mostrou-se um pouco intranquilo, e Bayazid disse: – “Onde está essa raiva? Eu gostaria de vê-la aqui.” O discípulo riu, pouco à…

Continue lendo
Amrita, Especial

Nada Existe?

Um koan zen:   Yamaoka Tesshu, quando um jovem estudante Zen, visitou um mestre após outro. Ele então foi até Dokuon de Shokoku. Desejando mostrar o quanto já sabia, ele disse, vaidoso: “A mente, Buddha, e os seres sencientes, além de tudo, não existem. A verdadeira natureza dos fenômenos é vazia. Não há realização, nenhuma delusão, nenhum sábio, nenhuma mediocridade. Não há o Dar e tampouco nada a receber!” Dokuon, que estava fumando pacientemente, nada disse. Subitamente ele acertou Yamaoka na cabeça com seu longo cachimbo de bambu. Isto fez o jovem ficar muito irritado, gritando xingamentos. “Se nada existe,”…

Continue lendo
Amrita

Amrita

Escrevo esse post para inaugurar uma nova seção no Inconsciente Coletivo chamada Amrita. Amrita é uma palavra sânscrita que significa Imortalidade – “sem morte”. Na mitologia hindu, é conhecida como o “Néctar dos Deuses”, ou a bebida dos deuses, que dá a eles a imortalidade. É a água da vida. Está relacionada etimologicamente com a Ambrosia dos gregos. Possui outras significações em outras tradições, mas no contexto que intenciono aqui, o significado pretendido está relacionado com tudo aquilo que “mata a sede” espiritual, que coloca o ser em meditação, que proporciona uma reflexão que transcenda o “eu ordinário”. Enfim, serão…

Continue lendo
Fechar