Categoria

Arqueologia

História, Notícias

(Cleópatra teria se suicidado com veneno, diz estudo)

Rainha egípcia morreu após tomar coquetel mortal de drogas e não por mordida de cobra, apontam pesquisadores Um estudo de cientistas alemães trouxe novas pistas sobre os mistérios da morte de Cleópatra, a última rainha do Egito: ela teria morrido poucas horas depois de tomar um coquetel de drogas, e não após ser mordida por uma serpente como se acreditava anteriormente. Segundo eles, Cleópatra teria tomado um coquetel feito de ópio (suco extraído de espécies de papoulas) e de plantas venenosas como acônito (Aconitum napellus) e cicuta (Cicuta maculata), a mesma usada para envenenar o filósofo Sócrates. Com base em…

Continue lendo
História, Notícias

(Estudo: Terra sofre extinção em massa a cada 27 milhões de anos)

Um estudo da Universidade do Kansas e do Instituto Smithsonian, ambos nos Estados Unidos, afirma que eventos de extinção em massa ocorrem no nosso planeta a cada 27 milhões de anos. Contudo, os cientistas afirmam que ainda vai demorar para isso ocorrer novamente, pelo menos alguns milhões de anos depois de 2012. As informações são do Daily Mail. A pesquisa investigou os chamados “eventos de extinção” do nosso planeta nos últimos 500 milhões de anos – um período duas vezes maior que qualquer estudo anterior – e afirma ter provado que eles ocorrem com a regularidade de um metrônomo. Segundo…

Continue lendo
Arqueologia, Notícias

(Encontrado documento de 3,4 mil anos, o mais antigo de Jerusalém)

A Universidade Hebraica de Jerusalém divulgou nesta segunda-feira a descoberta de um pequeno pedaço de argila de aproximadamente 3,4 mil anos. Segundo a instituição, o objeto foi descoberto nas muralhas da cidade antiga e é o documento escrito mais antigo da história de Jerusalém. Os cientistas acreditam que o fragmento fazia parte de uma tabuleta que, por sua vez, pertencia aos arquivos reais da época da Idade do Bronze, muito antes de a cidade ser conquistada por Davi. O fragmento é muito pequeno, com 2 cm por 2,8 cm, e contém símbolos cuneiformes do idioma acádio. Os cientistas afirmam que…

Continue lendo
Arqueologia, Notícias

(Arqueólogos encontram tumbas de 4,3 mil anos no Egito)

Arqueólogos anunciaram a descoberta de tumbas de 4,3 mil anos em Saqqara, próximo ao Cairo, no Egito. Segundo os cientistas, uma das tumbas pertenceu a Khonsu, filho de Shendwas – ambos serviram como escribas reais durante o Reino Antigo. As informações são da Reuters. Segundo os pesquisadores, foram encontradas duas tumbas construídas em rochas na antiga necrópole de Saqqara. Mais imagens: Fonte: Terra/Reuters

Continue lendo
História, Mistérios, Notícias

(Nenhum de 15 mil textos maias profetiza fim do mundo em 2012)

Nada de fim de mundo! Apenas fim de ciclo. +++ Em nenhum dos 15 mil textos existentes dos antigos maias está escrito que em 2012 haverá grandes cataclismos, crença originada em escritos esotéricos da década de 1970, asseguraram nesta terça-feira fontes oficiais. O diretor do Acervo Hieróglifo e Iconográfico Maya (Ajimaya) do Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH), Carlos Pallán, disse que só em dois deles há “duas inscrições” que falam em 2012, mas “só como o final do período”. Perante este fechamento do ciclo, os profetas modernos afirmam que um buraco negro no centro da galáxia, quando se…

Continue lendo
Arqueologia, Notícias

(Arqueólogos encontram túmulo do faraó Seti I do Egito)

Uma missão de arqueólogos descobriu no Vale dos Reis, na cidade de Luxor, o último trecho de um corredor subterrâneo que conduz ao túmulo do faraó Seti I, pai de Ramsés II e que reinou no Egito entre 1.314 e 1.304 antes de Cristo. O Conselho Supremo de Antiguidades (CSA) anunciou nesta quarta-feira em comunicado que a descoberta aconteceu após uma busca que durou aproximadamente 200 anos nesta zona de Luxor, a cerca de 600 quilômetros ao sul do Cairo. Foi a primeira vez na qual os arqueólogos conseguem descobrir totalmente um corredor escavado nas rochas de até 174,5 metros…

Continue lendo
História, Notícias

(Cientistas estudam lenda de espelho grego que queimava navios)

Uma pesquisa da Universidade de Nápoles, na Itália, indica que não passa de lenda o uso de espelhos pelo inventor grego Arquimedes para queimar navios invasores romanos. Os pesquisadores dizem que, na verdade, Arquimedes teria utilizado canhões de vapor – equipamento que já havia sido atribuído ao inventor. As informações são do Live Science. A lenda, que começou na Idade Média, afirma que Arquimedes utilizava espelhos para concentrar a luz do Sol e queimar navios durante a guerra de Siracusa (do ano 214 a.C. ao 212 a.C., durante a Segunda Guerra Púnica), na colônia grega de Siracusa, na ilha da…

Continue lendo
Arqueologia, Notícias

(Estudo aponta que astecas e maias sabiam produzir borracha)

Os mesoamericanos eram grandes consumidores de borracha, segundo registros históricos e arqueológicos. Com ela, eles produziam sandálias, faixas de borracha e também bolas, que eram usadas para realizar um jogo cerimonial em pátios de paredes de pedra. Cada um desses itens requer diferentes qualidades da borracha da qual é feito. Uma bola requer elasticidade para quicar, uma faixa de borracha requer força, e uma sandália precisa de durabilidade e resistência. Um novo estudo relata que os mesoamericanos, que incluem os astecas e os maias, sabiam como produzir diferentes tipos de borracha, misturando o látex de árvores de borracha com o…

Continue lendo
Arqueologia, Notícias, Religião

(Cientistas dizem ter achado a mais antiga imagem dos apóstolos)

Arqueólogos afirmam ter encontrado as mais antigas imagens conhecidas dos apóstolos Pedro e Paulo em uma catacumba de Roma. Segundo oficiais do Vaticano, que anunciaram a descoberta, a estrutura fica sob um moderno prédio comercial em um bairro da cidade italiana. As informações são da AP. De acordo com os pesquisadores, as imagens datam da segunda metade do século IV e foram descobertas no teto da catacumba de Santa Tecla, onde também foram encontradas as imagens mais antigas conhecidas dos apóstolos João e André. Os cientistas afirmam que foi utilizada uma técnica com laser para encontrar as pinturas sob uma…

Continue lendo
Arqueologia, Notícias

(Cidade de 3.500 anos é localizada no Egito)

Antiga capital do país, Aváris foi mapeada com a ajuda de imagens de radar Uma missão de arqueólogos austríacos localizou uma cidade soterrada há mais de 3,5 mil anos, na província egípcia de Sharqiya, no delta do Nilo, anunciou hoje o Conselho Supremo de Antiguidades (CSA). Pelo comunicado do CSA, a cidade, descoberta a partir de prospecções geofísicas feitas por meio de radares, fazia parte de Aváris, capital egípcia entre os anos 1664 e 1569 a.C., durante o período de domínio dos hicsos. Nas imagens captadas pelas equipes de pesquisa é possível identificar ruas, casas, templos e túmulos, assim como…

Continue lendo
Fechar