Tradução feita por mim… acredito muito no que diz este texto. Não é o que você diz, mas o que você FAZ que define quem você realmente É.

***

A Natureza do Caráter

“Abraham Lincoln se preocupava muito com o caráter, mas ele também tinha consciência da importância de se ter uma boa reputação. Ele explicou a diferença de ambos dessa maneira:

‘O Caráter é como uma árvore e a reputação é como a sua sombra. A sombra é aquilo que pensamos da árvore, e a árvore é a coisa real.’

Colocando de outra maneira, a sua reputação nada mais é do que o que as pessoas pensam de você. O seu caráter é aquilo que você realmente É.

Em um mundo preocupado com a imagem, é fácil se preocupar demais com a reputação e de menos com o caráter. Construir uma reputação é basicamente um projeto de relações-públicas; construir um caráter requer que nos foquemos em nossos valores e ações. Uma retórica nobre e boas intenções não são suficientes.

O que estamos procurando é força moral baseada em princípios éticos. O caráter é revelado por ações, não palavras, especialmente quando existe uma divergência entre o que queremos fazer e o que devemos fazer e quando fazer a coisa certa custa muito mais do que gostaríamos de pagar.

O nosso caráter se revela na maneira com que lidamos com as pressões e tentações. Mas também é revelado pelas ações do dia-a-dia, incluindo o que dizemos e fazemos quando achamos que não tem ninguém olhando e que não seremos pegos…

O modo como tratamos as pessoas que acreditamos não terem poder para nos ajudar ou machucar (como empregadas, garçons e secretárias), dizem muito mais sobre o nosso caráter do que o modo como tratamos pessoas importantes. Pessoas que são honestas, gentis e justas somente quando há algo a ganhar não devem ser confundidas com pessoas de real caráter, que demonstram essas qualidades habitualmente, em qualquer circunstância.

Caráter não é uma jaqueta legal que colocamos para mostrar para os outros. É quem você realmente É.”

Michael Josephson